Sobre a RPMC

A Rede Parlamentar sobre Mudanças Climáticas do ParlAmericas (RPMC) foi criada em 2016 com o objetivo de promover a diplomacia parlamentar sobre a ação climática nos parlamentos, alinhada aos quadros internacionais existentes que trabalham para combater as mudanças climáticas e alcançar o desenvolvimento sustentável. A RPMC fomenta o intercâmbio de conhecimentos entre parlamentares, especialistas, sociedade civil, e outros interessados, sobre práticas eficazes de mitigação e adaptação às mudanças climáticas por meio de oficinas, diálogos e criação de recursos especializados.

O trabalho da Rede incentiva a cooperação entre os parlamentos e as agências governamentais, no desenvolvimento e implementação de políticas inovadoras para combater as mudanças climáticas. Tópicos recentes de discussão incluem energia renovável, redução do risco de desastres e conceitos de financiamento climático como perdas e danos, tarifação do carbono e mercados, bem como a importância de integrar gênero na ação climática e aumento das metas dentro das Contribuições Nacionalmente Determinadas visando cumprir o Acordo de Paris e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A Rede é governada por um Comitê Executivo eleito, composto pela Presidência e Vice-Presidências sub-regionais, representando as Américas do Norte, Central e do Sul e o Caribe.


Comitê Executivo

Javier Ortega
Presidente
Deputado, Panamá

Dan Ruimy
Vice-presidente – América do Norte
Deputado, Canadá

Sofia Hernández
Vice-presidenta – América Central
Deputada, Guatemala

Andy Daniel
Vice-presidente – El Caribe
Presidente da Assembleia Legislativa, Santa Lúcia

Jennifer Simons
Vice-presidenta – América do Sul
Presidenta da Assembleia Nacional, Suriname

Ana Belén Marín
Vice-presidenta suplente – América do Sul
Membro da Assembleia Nacional do Equador

David Osorio
Gerente de Programa – Fortalecimiento Parlamentar
ParlAmericas


As eleições do Comitê Executivo são realizadas durante a reunião do RPMC. Para mais informações sobre a governança do Comitê Executivo, por favor, consulte nossos estatutos.